6 de dezembro de 2012

City Hunter (K-Drama)

Eu realmente não ia comentar sobre City Hunter, afinal - existem mil e uma resenhas - mas, eu disse pra mim mesma : "Você não vai falar do drama mais sexy de Lee Min Ho?!" - então, decidi que irei resenhar todos os dramas que já assisti, mesmo os com resenhas as pencas - então se preparem pra muito humor negro nessa resenha, afinal...

(Lee Min Ho, Park Min Young, Lee Joon Hyuk,Goo Ha Ra, Hwang Sun Hee) Ano:2011
Um bonitão busca vingança contra os assassinos de seu pai, mas no meio de intrigas, armações e mistérios descobre a verdade sobre seu passado.

É, de longe, o melhor drama de ação que já assisti - e não é porque tem Lee Min Ho não - o drama é realmente bom, e com certeza, agrada gregos e troianos. City Hunter busca mostrar toda corrupção que assola a política mundial, em outras palavras, será que Lee Yong Sung não quer dar uma volta no Brasil?

Lee Min Ho tem tanto nome nesse drama que fica complicado, mas vamos chama-lo pelo titular: Lee Yong Sung, e a questão é simples : você vai se apaixonar por ele. Yong Sung é sedutor ao extremo, além de um personalidade fofura , é um metrossexual assumido, ri demais da história do gel de banho Victoria Secrets - e toda essa finesse é transmitida para as cenas de luta. Gente o gato não usava armas - era chute, socos e ponta-pés, e tudo muito real, porque? Porque Lee Min Ho não usou dublê em nenhuma cena do drama. Falando da tragédia pessoal do Yong Sung, era meio besta - seu pai adotivo/tio fez pior que a cúpula dos cinco que mandou executar os soldados - roubou um bebê da mãe, transformou-o em uma máquina de matar e jogava toda responsabilidade nele, era quase um milagre o Yong Sung ser aquela fofura em pessoa.
O fato é que eu adorei a Kim Na Na, mas detestava a atriz Park Min Young pelo papel em Sungkyunkwan Scandal, graças ao personagem eu comecei a ver Min Young com outros olhos. Na Na é quase a protagonista perfeita, ela tem a parte boa dos clichês : pobre, boa e sozinha no mundo - misturado com o senso de moda, beleza e 0% de vergonha alheia, isso mesmo, não senti vergonha um único momento por ela. Quando Na Na tira a quenga do carro do Yong Sung e manda a real, foi tipo : OMG GO NANA! 
Vamos falar do personagem mais irritantemente amável da história da dramaturgia coreana : Promotor Kim Young Joo. Essa gostosura embalada em terno Armani só sabia infernizar a vida do Yong Sung - para ele o trabalho vinha antes de tudo, até da ex-esposa - a veterinária Se Hee - eles se amavam ainda, era visível, mas era engraçado como o Yong Sung provocava o Young Joo - com sua 'relação obscura' com a Se Hee, foi ai que o promotor começou a desconfiar do YS - sim, tudo por uma birra de ciúmes. Ele e o Yong Sung achavam que podia consertar o mundo, cada um da sua maneira, no final foi muito boa a sacada de uni-los por um objetivo em comum - mas tinha que estragar tudo né? Me indigno que o Young Joo já tinha acertado os problemas com o Yong Sung, voltado pra Se Hee e me matam ele daquele forma, tipo WTF? Não foi justo, ora! Se ele tivesse ficada no hospital cuidando da Se Hee tudo teria terminando bem, mas não... 
Como eu amava as cenas de ação, apesar da tecnologia surreal - em outras palavras : inexistente. Mas gente, se não fosse esse Minority Report coreano não teria a mesma emoção; era incrível ver como o Young Sung achava os podres dos políticos e expunha para a nação, fazendo uma vingança limpa. Outra grande sacada foi a pesquisa para descobrir a cúpula dos cinco, e consequentemente, de quem deveria se vingar. Nunca fui fã do joguinho de gato e rato - mas tive que abrir uma exceção para City Hunter - era ótimo ver a caçada do Young Joo e também a disputa pessoal do Young Sung e do pai adotivo Lee Jin Pyo (o tio queria matar geral) - me julguem, mas eu gostava do cara.
Nem comento minha surpresa quando fica claro que City Hunter vai ter aquele romance dos bons, mas dos bons mesmo - gente, beijo - com boca aberta e tudo, eu sabia do potencial do Min Ho desde os erros de cena de BBF - mas mesmo assim foi de aplaudi de pé! Só não gostei daquela bobagem te deixando para te proteger e blá blá blá, vamos trocar o disco roteiristas - e outra, a vingança do Young Sung - além de besta e no final das contas sem sentido - não deixou que a relação dele e da Na Na fosse completa, e nem vou falar da mãe dele... gente, eu preferia mais o dramalhão todo com a doença da ahjumma do que o besteirol com a cúpula dos cinco - vale dizer que foi injusto o final do presidente - Young Sung queria a utopia né, porque...
Eu não podia deixar de falar dos meus dois amores : Da Hye e Man Deok. Da Hye era a filha fofura do presidente, era um poço de comédia. Man Deok era a mãe que o Young Sung não teve, eu morria com o consumismo desenfreado , além das discussões no maior estilo casamento com o Youn Sung - quando o Young Sung bloqueia o cartão dele e o ahjussi foge pra casa da Na Na - gente,morri...!
Já que muita gente liga pro final aqui vai o meu comentário : apesar  de pensar que podia ser melhor, mas bem melhor, só por tudo terminar bem, ou relativamente bem, para um drama de vingança não há o que reclamar. Só me indignei pelo meu Promotor, sacanagem um fofura como ele morrer, mas eu supero, ou não...
Posso dizer que City Hunter é um drama salada de fruta - tem romance, ação, drama, comédia... feito para agradar a todo tipo de telespectador, o que se confirmou na audiência que teve, ficando em primeiro lugar em quase todas as semanas de exibição.

Como tem vingador mascarado na Coreia.
a gente aprova, claro.
Beijos, até a próxima!

18 comentários:

  1. Acho que concordo em tudo que você disse sobre City Hunter. O dorama onde o Lee Min Ho (na minha humilde opinião) estava mais lindo. Amei a Na Na, em todos os aspectos. Ela tinha aquela carinha doce e inocente, mas sabia se impor, sabia se vestir, sabia ser atraente (coisa rara em mocinhas de doramas). Amei o promotor, é um dos personagens secundários que eu mais amei em doramas, e chorei muito muito com o final dele. O Man Deok, como não amar? Me rendia boas risadas ele e aquela mania de comprar tudo pela televisão haha Um dos melhores doramas que eu já assisti, sem sombra de duvidas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Promotor Kim é meu amor, sério - mesmo ele me irritando 90% do dramas eu AMEI ele. Ahhh Lee Min Ho está sedução demais - entretanto, achei ele mais bonito em Faith, acho que por causa do cabelo enroladinho (jun pyo fellings)
      Na Na era fofura, apesar da atriz escrota - e olha que nem era ciúmes do casal Minmin - eles ficaram fofura juntos ahahaha
      beijos

      Excluir
  2. Realmente um ótimo drama! Já vi a alguns meses e sempre que lembro do que aconteceu com o Promotor penso: WHAT THE HELL!!!!!! Sério, nunca superarei isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Promoto Kim é muito sexy sedução! saudades eternas ahahaha
      sério maior injustiça !

      Excluir
  3. City hunter , é fofo assassino, engraçado, é maravilhoso amo esse drama, final um pouco triste , mas superou minhas expectativas além do mais tem o gato do Lee Min Ho, so uma coisa pra falar sobre ele, PERFEITO.
    ♥♥--BJS--♥♥
    http://sweetasiangeek.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. City Hunter é uma mistura mesmo, eu realmente gosto desse drama, principalmente pela ação mais realista apesar da tecnologia surreal.
      Lee Min Ho deuso, sempre ahaha ainda mais nesse papel, sexy sedução.
      beijos

      Excluir
  4. O que ninguém comenta é que city hunter é baseado em um mangá japones de "Tsukasa Hojo", tem nos creditos, mas também os dramas coreanos baseados em "Hqs"(Mangás e afins), são de uma fidelidade rasa e ainda assim costumam fazer óptimas historias(Goong, Hanakimi).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas a "cópia", digamos assim, foi bem rasa, adaptando totalmente para a realidade atual da coreia.

      Excluir
  5. Ahh gente, convenhamos? Custava ela fazer uma ceninha no final? Tipo: larga a bolsa, sai correndo e tasca um beijão nele com lágrimas nos olhos? Tenho certeza que só faltou isso! Cara, eu senti falta dos dois se abraçando, se beijando no final! Além do que, eles sofreram muito, pow! Enfim, chorei compulsivamente, como todas, quando o nosso querido promotor morreu. Sinceramente, morri no enterro junto com a futura ex-mulher dele! Muito triste. Enfim, GOSTOSO EM DEMASIAA! Parabéns, sua análise foi bem coesa e feliz. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHAH não adianta esse tipo de cena raramente acontece em final de drama coreano, só nos resta sonhar mesmo ahahahaha!
      Ai meu Promotor gostosinho e fofo, muita sacanagem né? Ficou a impressão que os roteirista quiseram passar o seguinte : " A justiça nunca tem um final feliz" - sacanagem com meu delicia!
      Hahahaha
      Obrigada pelo elogio, e volte sempre hein!
      Beijos.
      ~Ana

      Excluir
  6. Correndo para ir assistir agora mesmo, depois de Faith so penso no meu Oppa.

    ResponderExcluir
  7. Nossa estou no episodio 7 e to surtando, o lee Min Ho é mesmo um bom ator, a Kim Nana é muito engraçada,nunca tinha visto essa atriz antes, assisti dois episodios do anime para ver se tinha alguma semelhança com o Drama, mas nada haver, o anime até que é legal, o City Hunter é muito hilario, mesmo sendo um caçador vira um idiota quando ver uma mulher bonita, maior pevertido kkkkk.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esse drama é ótimo! Na Na é uma das minhas protagonistas favoritas, ela é engraçadinha demais. Isso mesmo, nada haver com o anime, mas eu ri da mesma maneira.

      Excluir
  8. Acabei de assitir... achei esse blog pra saber se realmente o promotor ia morrer.... me acabei aqui... até agora não acredito!! Era meu personagem favorito D':

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De chorar né? A primeira vez que assisti surtei demais, revi a cena varias vezes para acreditar.

      Excluir
  9. Os dois ficam juntos no final? Vi o Dorama, mas não entendi direito rsrsrsrs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim viu,eu também não entendi muito bem o final também até pq ele leva um tiro no coração e era pra ele morrer só com isso,depois ele aparece bonzinho kkkkkk.mais vou ficar com o ''eles ficaram juntos msm''series ótima.

      Excluir
  10. Gostei do filme, a última cena ficou meio no vago, então deduzi que ele não morreu do tiro, se recuperou e que se mudou para os estados unidos junto com a mãe e o amigo e que foi buscar ela no aeroporto e viveram felizes para sempre.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

Hallyudramas Copyright © 2012 Design by Ana Coscia Hallyudramas

Related Posts with Thumbnails